Posição sexual influencia nas chances de engravidar?

A ginecologista e obstetra, Dra. Mariana Halla, deu uma entrevista para a Revista Circuito, explicando se a posição sexual influencia nas chances de engravidar. Confira a matéria:

Posição sexual influencia nas chances de engravidar

Especialista esclarece se essa questão é mito ou verdade.

Existe ou não uma posição sexual ideal que favorece as possibilidades e aumentam a chance de engravidar? Essa é uma questão que amaioria dos casais se perguntam, mas não sabem a resposta.

Segundo dados da OMS (Organização Mundial de Saúde), menos de 10 mil espermatozóides chegam ao entorno do óvulo em uma ejaculação normal,que integra de 39 a 300 milhões de espermatozóides, mas será que é possível trocar a posição sexual para mudar esse número?

Mariana Halla, ginecologista e obstetra, diz que não existe comprovação científica de que a posição sexual possa influenciar nas chances de fecundação.

“Essa questão é um mito. Não existe nada concreto que comprove que a posição influencie na questão da gravidez”.

A especialista destaca alguns pontos que podem contribuir na hora que a mulher quiser engravidar:

“A mulher que quer aumentar a chance de gravidez, deve se atentar ao seu período fértil, cerca de 12 a 14 dias após o primeiro dia da menstruação, num ciclo de 28 dias, em média. Também deve observar a saída de um muco transparente pela vagina e até uma dorzinha em pontada na parte baixa da barriga, sinais indiretos da ovulação.”

A ginecologista afirma que mesmo com essas dicas sendo seguidas outros fatores influenciam na hora da concepção.

“Existe uma tendência a postergar a maternidade, e a idade avançada da mulher leva a diminuição da quantidade e qualidade  dos óvulos. Também diminuem a fertilidade, o excesso de peso na mulher e no homem,as deficiências nutricionais, uso de certos medicamentos, álcool e drogas ilícitas por parte de um dos parceiros, além de doenças como endometriose ou as DSTs. O manejo do stress sempre foi um fator importante.”

Mariana conclui dizendo que a melhor opção para um casal que está tentando engravidar,  é procurar um especialista para que ele avalie a saúde de ambos, já que 15% dos casais apresentam  problemas de infertilidade.

Fonte: Revista Circuito

Entre em Contato